Projeto Entender traz novas tecnologias para dentro da sala de aula

27 out de 2014 - por: jstanczyk

SandroInovação e novas tecnologias não são características exclusivas do ensino a distância. A sala de aula presencial também precisa manter-se atualizada para continuar atendendo as necessidade dos alunos, é o que pensa o professor Sandro Roberto Mazurechen, fundador do projeto Entender.

Formado em Letras pela Unicentro, Sandro atualmente dá aulas no Centro de Estudos Big Bang em Guarapuava que adota um modelo de sala de aula diferente. “Nós trabalhamos com palataformas de ensino híbrido e adaptativo”, disse Sandro.

O professor explicou que a plataforma é chamada dessa maneira porque usa o computador e as plataformas da internet como se fossem o livro didático. “As plataformas possibilitam ao professor acompanhar a participação dos alunos durante a aula, verificar se todos estão fazendo os exercícios, quantas vezes cada um acessou aquela atividade, em quais teve dificuldades. Tudo isso ajuda o professor a saber qual ponto do conteúdo precisa ser explicado novamente”, afirmou Sandro.

O projeto começou em 2012 a partir de um curso que Sandro participou pelo Instituto do Vale do Silício que trabalha com o sistema de “blended learning” (forma de aprendizado que une o estudo on-line e offline). No ano seguinte o projeto participou de um concurso, o Samsung Launching People ficando em segundo lugar na disputa nacional.

Atualmente, o Centro de Estudos atende principalmente alunos do ensino médio, mas também estudantes que pretendem se preparar para concursos. “É o aluno que sente dificuldade no modelo tradicional. Nessa metodologia ele é levado a pensar na tecnologia como um auxílio, de modo que não sobra tempo para que a tecnologia seja um distração na sala de aula”, explicou.

Tecnologia em sala de aula

Nessa segunda-feira (27), a câmara de vereadores de Guarapuava aprecia em redação final do Projeto de Lei nº 29/2014, de autoria do vereador Elcio Melhem (PP), que propõe a proibição do uso de celulares, tablets, notebooks e aparelhos similares nas salas de aula dos colégios municipais – públicos e particulares – de Guarapuava, com exceção para a utilização sob fins pedagógicos.

O projeto já foi aprovado em sessões anteriores por unanimidade. Como foram propostas emendas o texto final ainda precisa ser aprovado na sessão de hoje.

Conheça um pouco mais do Projeto Entender:


Compartilhe

Comentários sobre esta notícia



Entre em Contato

Atendimento de Segunda a Sexta-feira, das 9h às 18h.
42 3621-1095 I 42 3621-1348
Envie-nos suas dúvidas ou sugestões
nead.unicentro@gmail.com
Rua Padre Salvador, 875 - Santa Cruz
Cx. Postal 3010 - CEP 85015-430 - Guarapuava - PR