UAB completa 14 anos levando ensino superior ao interior do Brasil

9 jun de 2020 - por: shorst

Via CCS Capes.

O programa funciona em uma parceria que tem dado bons resultados em todo o país | Foto: Scheyla Horst/Nead Unicentro

“O polo da Universidade Aberta do Brasil é um investimento que toda a comunidade sente. Sempre procuramos dar um retorno para o município e mostrar como o polo pode ajudar”. A fala de Dilce Eclai, coordenadora do polo UAB de Santo Antônio da Patrulha (RS), reflete o esforço feito para levar o ensino superior ao interior do país.

Focado na formação inicial e continuada de professores da Educação Básica, há 14 anos o Sistema UAB, gerido pela Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior), oferece, a distância, cursos de graduação, especialização e tecnológicos. São 848 polos em todas as regiões do Brasil, 70% dos quais em municípios com menos de 100 mil habitantes. Há muito o que comemorar!

A abrangência do Sistema como ponto fundamental para ajudar no desenvolvimento do país é um dos destaques marcados pelo presidente da Capes, Benedito Aguiar: “A Universidade Aberta do Brasil tem um papel de vanguarda na implantação da Educação a Distância no país, sendo fundamental na formação de professores, sobretudo em virtude da sua grande capilaridade”.

Desde a sua criação em 8 de junho de 2006, já foram formados pelo Sistema 271.720 alunos em 118 instituições participantes. Atualmente, 116 mil estudantes estão matriculados na UAB. “Nesse tempo de pandemia, foi fundamental a cultura de ensino a distância implantada em muitas instituições de ensino superior do país. Isso contribuiu para superar os desafios atuais de mudança abrupta do ensino presencial para o ensino remoto”, afirma Benedito Aguiar.

O programa funciona em uma parceria que envolve a Capes, instituições públicas de ensino superior (dentre elas a Unicentro), secretarias estaduais de Educação e prefeituras. A Coordenação gerencia o Sistema e oferece o apoio das IES, que são responsáveis por ministrar os cursos. Os demais envolvidos  fornecem as estruturas física, administrativa e pedagógica.

O polo de Santo Antônio da Patrulha foi reconhecido pela Capes como o de maior interação com o município. A seleção, feita pelo Prêmio Polo EaD em Ação, também avaliou a proatividade dos seus coordenadores e as melhores iniciativas promovidas em cada espaço. Os cursos técnicos, que têm uma formação mais rápida do que um curso superior, são um exemplo.

Dilce Eclai afirma que a UAB levou boas mudanças para o município, conseguindo criar elos entre agricultores, comunidade e esfera pública. “Mudou a realidade do nosso município na formação das pessoas, na formação dos professores e na organização dos agricultores”. Os idosos também são abrangidos: os polos oferecem cursos de inclusão tecnológica para a terceira idade. “Eles querem aprender para se aproximar no contato com os mais jovens”, explica a coordenadora.

O Sistema UAB foi criado em 2006 com o objetivo de desenvolver a modalidade de educação a distância e expandir e interiorizar a oferta de cursos e programas de educação superior no País. A prioridade é para a área de formação de professores, em atendimento à Política Nacional dos Profissionais da Educação Básica, instituída pelo Decreto 8.752, de 9 de maio de 2016.


Compartilhe

Comentários sobre esta notícia



Entre em Contato

    Atendimento de segunda a sexta-feira, das 9 às 18h
    (42) 3621-1348
    Envie-nos suas dúvidas
    nead@unicentro.br
    Rua Padre Salvador, 875 - Santa Cruz
    Cx. Postal 3010 - CEP: 85015-430 - Guarapuava (PR)